terça-feira, 19 de abril de 2011

Programados!

   E sem destino eu sou, e com o destino eu vou. Você realmente não percebe que o mundo não é mais nosso, e sim de nossas ambições? 
   O que move seus pés? O que faz você mexer a boca para falar? Do que você se arrepende? Do que você se orgulha? O que você espera? O que você quer de volta? O que você quer esquecer? O que você quer lembrar? O que você pensa quando acorda? O que não deixa você pensar quando vai dormir? O que você realmente ama? O que você odeia? O que te faz julgar? O que te faz se recuar? O  que te faz feliz? 
   O que te faz viver?
   Então você cai na realidade e percebe que esta perdido, no vazio de falsas idéias programadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário