sábado, 2 de outubro de 2010

Um veneno chamado tempo.

   O que está havendo comigo? Por que de um dia pro outro eu mudei tanto, cade aquela pessoa que não se importava com o que os outros diziam dela, aquela que não se importava com aparência dos outros, mas o que havia dentro deles. Para onde ela foi? 
   Agora estou aqui trancada em meu quarto, sonhando com o dia em que a  porta vai se abrir e vou perceber que estou livre das regras que eu mesma me impus com o tempo. 
   Dizem que o tempo cura feridas, pra mim ele só criou feridas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário